Notícias - Geral

MEC anuncia mudanças no ENEM 2017

09/03/2017   Geral

Nesta quinta-feira (9/3), o Ministério da Educação (MEC) anunciou mudanças para as próximas edições do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A partir deste ano de 2017, o exame acontecerá em dois domingos, em vez de um único fim de semana. Além disso, a ordem das provas será alterada. As mudanças foram baseadas em consulta pública realizada entre os meses de janeiro e fevereiro sobre o ENEM, realizada com mais de 600 mil estudantes.

De acordo com o MEC, o exame será aplicado em dois domingos seguidos. Assim, neste ano de 2017, o ENEM 2017 acontecerá nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro domingo, os estudantes terão cinco horas e 30 minutos para realizar as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. No domingo seguinte, os alunos farão as provas de Matemática e Ciências da Natureza, com quatro horas e 30 minutos de duração.

Além de uma semana de fôlego para os participantes estudarem entre as provas, a mudança deve beneficiar ainda os estudantes sabatistas, que tradicionalmente tinham que esperar até as 19h de sábado para iniciar a prova. O MEC apontou que os 76 mil candidatos sabatistas que fizeram a prova em 2016 geraram um custo de aproximadamente R$ 646 mil.

O Ministério da Educação também deixará de divulgar o resultado do ENEM por escola. De acordo com Maria Inês Fini, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), essa mudança ocorre para que o ENEM não sirva como uma avaliação das escolas.

O ENEM também deixará de servir como certificação para o Ensino Médio, o que volta a ser feito pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja), que, de acordo com o MEC, é o exame adequado para esse vim, em uma parceria com estados e municípios.

Principais mudanças

  • ENEM acontecerá em dois domingos
  • Redação será realizada no primeiro dia de provas
  • Caderno de prova já virá com identificação do estudante
  • ENEM deixa de valer como certificação do Ensino Médio
  • MEC não divulgará mais resultados do ENEM por escola

Para mais informações, acesse o portal oficial do INEP.