- Secretário-geral da ONU pede compromisso coletivo no Dia Internacional da Educação

24/01/2022 Educação
António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas
Divulgação

Marco foi instituído para reforçar a importância dos estudos no desenvolvimento do ser humano 

A data 24 de janeiro, foi escolhida em Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU) como o Dia Internacional da Educação com o objetivo de celebrar o ensino, e o seu papel para promover a paz e o desenvolvimento humano. Nesta segunda-feira (24), o secretário-geral da entidade, António Guterres, enviou uma mensagem pedindo coletividade neste compromisso.   

Em um vídeo com pouco mais de dois minutos de duração, ele cita os desafios causados pela pandemia da covid-19, há aproximadamente 1,6 bilhões de alunos de todos os níveis de ensino em todo o mundo. Menciona ainda, o fechamento de instituições que atinge diretamente 31 milhões de estudantes:  

“Se não tomarmos medidas, a proporção de crianças que abandonam a escola, nos países em desenvolvimento, e que não sabem ler, pode aumentar de 53% para 70%”.  

Segundo Guterres, as dificuldades vão além da desigualdade. Constantes e diversas mudanças tecnológicas, problemas climáticos e falta de confiança entre as pessoas e também no ambiente corporativo, influenciam nas adversidades da área. Outro ponto destacado por ele, é que “os sistemas convencionais de Educação lutam para providenciar o conhecimento, as competências e o valores”.  

UNIASSELVI e o Analfabetismo zero 

Além disso, Guterres afirma que “a Educação é um bem público proeminente”. Nesta mesma linha de pensamento a UNIASSELVI lançou em setembro do ano passado, o Projeto Analfabetismo Zeroque busca auxiliar jovens e adultos que não foram alfabetizados em período regular. A iniciativa tem como foco contribuir para a redução da exclusão escolar e social. De acordo com o Professor Reitor, Herminio Kloch:  

 “O Projeto é fundamentado na visão, missão e valores que norteiam as ações da UNIASSELVI e pretende fazer a diferença na vida desses jovens e adultos. Pois esse é o nosso compromisso na educação”.   

Para Neuzi Schotten, Gerente de Capacitação e Formação Continuada da UNIASSELVI, essa prática é possível graças ao comprometimento de toda a equipe:  

“Tenho a plena convicção que o trabalho e a dedicação dos profissionais de todo o time, e da área de Educação, da UNIASSELVI, faz com que nossa Instituição seja a melhor solução para que nossos alunos construam a sua própria história de sucesso. Nosso compromisso é com a educação de qualidade para todos”.   

Solicitação que o secretário destacou como necessária na mensagem deste Dia Internacional da Educação: 

“Colocar a Educação no centro dos esforços mais amplos de recuperação, destinados a transformar economias, sociedades, e acelerar o progresso do desenvolvimento sustentável”.  

Direito à Educação 

Segundo a ONU, o direito à educação está reconhecido no artigo 26 da Declaração Universal dos Direitos Humanos. A declaração exige educação elementar gratuita e obrigatória. Adotada em 1989, a Convenção sobre os Direitos da Criança estipula que os países devem tornar o Ensino Superior acessível a todos. 

 

Por Redação UNIASSELVI 

 

Leia mais notícias 

Dias das provas do Enem, Encceja e Enade 2022 são confirmados

Datas das inscrições do Sisu, Prouni e Fies 2022

 


Nós utilizamos cookies para viabilizar e melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o site da Uniasselvi, você; concorda com o uso dessa tecnologia.