Notícias - Geral

Dezembro Vermelho: o mês de combate ao HIV e à AIDS

29/11/2018   Geral

A partir de dezembro do ano passado, a lei nº 13.504 de 7 de novembro de 2017 determinou que a campanha nacional de prevenção ao HIV/AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis fosse denominada Dezembro Vermelho. O mês foi escolhido devido ao Dia Mundial da Luta contra a AIDS, que é celebrado no dia 1º de dezembro. 

Segundo a lei, "a campanha será constituída de um conjunto de atividades e mobilizações relacionadas ao enfrentamento do HIV/AIDS e das demais infecções sexualmente transmissíveis.". Entre as ações previstas estão “a iluminação de prédios públicos de vermelho, as já tradicionais nas campanhas de mobilização em âmbito nacional, estadual e municipal, palestras e atividades educativas e outros eventos relacionados ao tema além de veiculação de campanhas de conscientização em diversas mídias” (UNAIDS, 2017).

DADOS GLOBAIS SOBRE O VÍRUS EM 2017
• 36,9 milhões de pessoas em todo o mundo viviam com HIV;
• 21,7 milhões de pessoas tiveram acesso à terapia antirretroviral;
• 1,8 milhão de novas infecções pelo HIV;
• 940.000 de pessoas morreram por causas relacionadas à AIDS;
• 77,3 milhões de pessoas foram infectadas pelo HIV desde o início da epidemia;
• 35,4 milhões de pessoas morreram por causas relacionadas à AIDS desde o início da epidemia.

O Brasil “tem um dos melhores programas de HIV/AIDS do mundo. Um programa que revolucionou o tratamento e reduziu a velocidade de disseminação da epidemia mundial ao adotar, em 1996, uma política de distribuição gratuita de medicamentos, comentou em entrevista ao DIAHV o médico Drauzio Varella. Confira a entrevista completa no vídeo abaixo.

Conheça mais estatísticas sobre a doença, acessando o site da UNAIDS.

Leia a Lei na íntegra, clicando aqui.

Fontes: aids.gov.brunaids.org.br