Notícias - Geral

UNIASSELVI marca presença no CapacitaSUAS Rio Grande do Sul

15/05/2019   Geral

No dia 6 de maio aconteceu a Aula Inaugural do Programa Nacional de Capacitação do SUAS – CapacitaSUAS. O evento ocorreu no Auditório do Ministério Público do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre/RS. Na ocasião, também foi aberta a 2ª Edição do Programa CapacitaSUAS no Estado do Rio Grande do Sul, destinado, especialmente, para gestores, trabalhadores do SUAS e conselheiros.

A mesa de abertura foi composta por diversas autoridades, incluindo o representante do Ministro da Cidadania, o Vice-Governador do Estado do Rio Grande do Sul, a Secretária do Trabalho e Assistência Social, o Presidente do Conselho Estadual de Assistência Social e o Reitor do Centro Universitário Leonardo Da Vinci – UNIASSELVI.

Após a abertura, os presentes participaram do Painel 1, que tratou do Panorama do Programa Nacional de Educação Permanente – EducaSUAS, apresentado pelo coordenador geral de Gestão do Trabalho e Educação Permanente da Secretaria Nacional de Assistência Social.

O Reitor da UNIASSELVI, Prof. Hermínio Kloch, destacou a satisfação e a responsabilidade da UNIASSELVI em participar do Programa Nacional de Educação Permanente do SUAS no Estado do Rio Grande do Sul.

A UNIASSELVI foi vencedora para executar a capacitação de 2.200 trabalhadores da área da assistência social do estado. Ao todo, são 4 cursos de 40 horas cada, ministrados por profissionais da UNIASSELVI na modalidade presencial. Os cursos ocorrem durante 8 semanas em dependências do Polo de Apoio Presencial da UNIASSELVI, em Porto Alegre, tendo iniciado em maio e estendendo-se até o mês de setembro de 2019. Os participantes serão certificados pelo Centro Universitário Leonardo Da Vinci – UNIASSELVI.

Acompanharam o Reitor os colaboradores do Setor de Educação Continuada da UNIASSELVI, a coordenadora da graduação de Serviço Social na modalidade EAD e docentes do respectivo curso. A UNIASSELVI possui 9.381 alunos matriculados na graduação em Serviço Social. Já formou, aproximadamente, 5.000 acadêmicos nessa área, sendo que 62% já possuem registro profissional.