- Telemedicina realiza mais de 75 mil atendimentos entre 2020 e 2021 no Brasil

01/02/2022 Saúde
Primeira semana de janeiro de 2022 teve 50 mil atendimentos pela modalidade em casos de Influenza e Covid-19
Foto | Divulgação

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital, 87% dos registros foram de primeira consulta 

A tecnologia está cada vez mais presente no dia a dia das pessoas. Na área da Saúde, essa realidade se torna mais visível diante do cenário da Covid-19 que atingiu o mundo inteiro. A necessidade de isolamento social aliada com a demanda por atendimentos médicos mostrou que a telemedicina é uma alternativa segura e eficaz. Entre 2020 e 2021, mais de 75 mil casos tiveram suporte por meio da prática.  

De acordo com a Associação Brasileira de Telemedicina e Saúde Digital (SDB), mais de 52,2 mil médicos, prestaram esse tipo de auxílio no período. A maior parte (87%) dos casos foram de primeiras consultas. O órgão destaca que a atividade “evitou idas desnecessárias a hospitais” e garantiu segurança sanitária “para desafogar filas nos postos de saúde e pronto-atendimentos, evitando dificuldades ainda maiores para os pacientes”. 

Esse número tem aumentado gradativamente. Diante disso, empresas reforçam a capacidade para garantir as respostas das chamadas. Recentemente a SDB divulgou que a assistência para casos de Influenza e Covid-19 entre os associados foram de 7 mil para 15 mil, entre o Natal e o Ano Novo. Na primeira semana de janeiro de 2022, o número ficou ainda maior, chegando a 50 mil. 

A entidade ressalta que o atendimento via telemedicina não tem diferença do presencial, “seja para tirar dúvidas, formalizar diagnósticos, solicitar exames, prescrever medicamentos, emitir atestados, entre outras, com a vantagem de ser mais acessível, prático e seguro”. Já que todos os documentos são rastreáveis e invioláveis, emitidos com assinatura digital.  

Como se profissionalizar 

A UNIASSELVI, maior Instituição de Graduação de Santa Catarina (SC) e uma das maiores do Brasil oferece o curso Tecnólogo em Técnicas para Telemedicina. Durante cinco semestre é possível adquirir conhecimentos sobre quais tecnologias são usadas para realizar os atendimentos de saúde a distância, e propor, implantar e acompanhar o uso destas ferramentas tecnológicas pelos profissionais da área. 

Ofertado na modalidade de Ensino a Distância (EAD), a grade curricular é composta por encontros presenciais que acontecem uma vez por semana no polo selecionado pelo interessado. A Graduação também conta com tutores preparados para auxiliar o estudante durante todo o curso e material diádico exclusivo.  

A rotina acadêmica se passa no Portal do Aluno da UNIASSELVI, batizado de Gioconda – Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Um espaço que permite consultas e atendimentos administrativos e financeiros, assim como acesso às aulas, conteúdos, avaliações, notas e calendários. Ele pode ser usado no computador, tablet ou celular.    

Outra opção de ferramenta é o UNIASSELVI Leo App, que além de ter os mesmos recursos do AVA, tem a navegação patrocinada pela Instituição, ou seja, não consome dados do pacote de internet do usuário.   

 

*Com informações da SDB

 

Por Redação UNIASSELVI 

 

Leia mais notícias 

Novo ensino médio começará a ser implantado no Brasil e afetará o Enem

Rematrículas de 2022/1 na UNIASSELVI já podem ser realizadas

 


Nós utilizamos cookies para viabilizar e melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o site da Uniasselvi, você; concorda com o uso dessa tecnologia.